Saúde em Pauta

Medicina Preventiva

Esta seção é apenas informativa e não deve ser utilizada para fins de autodiagnóstico ou automedicação. Consulte seu médico regularmente.

Selecione acima a letra sobre o assunto relacionado. Exemplo: A - Alimentação

B

Bronquite

Definição

Bronquite é uma doença muito comum caracterizada pela inflamação dos brônquios, que são as principais passagens que conduzem o ar para os pulmões.


Tipos 

Há dois tipos de bronquite: a bronquite aguda, caracterizada por ser de curta duração, e a bronquite crônica, que dura muito tempo e tem alta recorrência. A forma aguda frequentemente vem acompanhada de gripe, resfriado ou outros problemas respiratórios. A forma crônica é causada, na maioria das vezes, pelo tabagismo, poluição do ar ou exposição a gases nocivos.


Causas

A bronquite aguda geralmente é causada por vírus sendo acompanhada de outra infecção respiratória viral como gripes e resfriados. Em alguns casos, pode-se contrair uma infecção bacteriana secundária nas vias aéreas, o que pode prolongar e complicar ainda mais a doença.

O tabagismo é o principal causador da bronquite crônica. A poluição atmosférica e a emissão de gases tóxicos no meio ambiente ou no ambiente de trabalho também contribuem para o surgimento da doença.


Fatores de risco

As principais situações que aumentam a chance de desenvolvimento da bronquite são: tabagismo, imunidade baixa, extremos de idade (idosos, bebês e crianças pequenas), exposição a agentes irritantes inalados e refluxo gastroesofágico.


Manifestações clínicas

Os sintomas mais comuns tanto da forma aguda como da crônica incluem a tosse, falta de ar, chiado e expectoração. Algumas pessoas podem apresentar também desconforto no peito, cansaço, mal-estar, perda do apetite, febre e expectoração de cor variável (transparente, esbranquiçada, amarelada ou esverdeada).


Diagnóstico

Além da história clínica e do exame físico, o médico poderá solicitar exames complementares como radiografias, exame da expectoração, testes de funcionamento do pulmão e oximetria.


Tratamento

Muitos casos de bronquite resolvem-se sozinhos, dentro de 10 a 14 dias, mesmo sem o uso de medicação. Porém há casos em que pode ser necessário o uso de antibióticos, antitussígenos, antialérgicos, descongestionantes, antitérmicos e/ou anti-inflamatórios.


Prevenção

Para a prevenção da bronquite recomenda-se umidificar o ar do ambiente como salas e quartos e minimizar a exposição à fumaça do tabaco. Essas medidas são especialmente úteis para aqueles em maior risco, tais como idosos, crianças e bebês, fumantes, pessoas com problemas cardíacos ou aqueles que sofrem de alguma outra doença pulmonar.


A bronquite pode ser prevenida. Fique atento.



voltar